Auxílio de R$ 600 a taxistas e motoristas de transporte escolar começa a ser pago no Distrito Federal

O governo do Distrito Federal começou a pagar, dia 10 deste mês , o auxílio de R$ 600 a taxistas e profissionais de transporte escolar. O repasse faz parte do programa Mobilidade Cidadã, que vai beneficiar 3,9 mil pessoas, segundo o Executivo local.

Estão previstas três parcelas mensais e consecutivas. Entre os contemplados, 2.617 são motoristas de táxi.

Para receber o repasse, os trabalhadores precisam confirmar se estão na lista da iniciativa, que pode ser consultada pela internet e comparecer a uma agência do Banco de Brasília, já nesta segunda, para sacar o auxílio. É necessário levar CPF e documento oficial com foto.

Já para os 1.337 profissionais de transporte escolar, que receberam parcelas do benefício no ano passado (veja mais abaixo), o dinheiro estará disponível durante a tarde, no cartão do programa.

O auxílio é voltado para motoristas que cumpram os seguintes requisitos:

• Estar devidamente cadastrado, em 31 de janeiro de 2020, no Cadastro de Permissionários / Concessionários da Secretaria de Estado de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob);

• Estar regularmente registrado, em 31 de janeiro de 2020, junto ao Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), na categoria de transporte escolar;

• Não estar inscrito na dívida ativa do Distrito Federal.

Crédito da foto: Toninho Tavares/Agência Brasília