Corridas sem custo, mas com muito valor

Taxistas de Roma levam compras para idosos que estão em isolamento domiciliar.
Taxistas de Roma levam compras para idosos que estão em isolamento domiciliar.

Taxistas circulam de graça para ajudar quem precisa durante a pandemia

A cada dia que se passa mais notícias sobre a propagação do coronavírus tomam conta da mídia, o que pode trazer às pessoas uma sensação de fraqueza e impotência diante de tudo o que vem acontecendo, mas quando a solidariedade toma a frente é possível sentir a força daqueles que conseguem pensar no bem de todos e não só em seu próprio proveito. A atitude de taxistas ao redor do mundo tem trazido um suspiro de esperança na humanidade, demonstrando a mais pura empatia e o verdadeiro respeito ao sofrimento alheio.

Na Itália, um dos países mais abalados pela pandemia do covid-19, a ação de taxistas em Roma chamou a atenção da prefeita da cidade, Virginia Raggi, que fez uma publicação em suas redes sociais reconhecendo a atitude.

A iniciativa da cooperativa “Prontotaxi”, batizada de “Táxi Amico” (“Táxi Amigo”, em português), foi idealizada para transportar gratuitamente compras de alimentos e medicamentos para idosos, que fazem parte do grupo de risco da doença e estão em isolamento domiciliar.

“Nestas horas, até os menores gestos podem fazer a diferença. Desde os primeiros dias, os taxistas enfrentam essa emergência, colocando-se a disposição dos outros”, elogia a prefeita, lembrando que, ainda no início da pandemia, os taxistas já faziam corridas gratuitas para médicos e enfermeiros do Instituto Spallanzani.

Virginia destaca que ação representa um ato de solidariedade incrível, pois “uma das categorias mais afetadas pela crise está na linha de frente para ajudar toda a comunidade”.

André Senos está utilizando seu táxi para ajudar todos que estão fazendo contato com ele pelas redes.
André Senos está utilizando seu táxi para ajudar todos que estão fazendo contato com ele pelas redes.

Aqui no Brasil, um taxista de Cabo Frio (RJ) tem se destacado como bom exemplo. André Senos deu partida na solidariedade, com aquilo que está ao alcance das suas mãos: o volante. Ele se colocou a disposição para levar e buscar pessoas que precisam de ajuda, principalmente idosos.

Essa ideia surgiu quando André viu a postagem de um amigo se oferecendo para fazer compras para quem estivesse no grupo de risco, evitando que a pessoa precise sair de casa. A partir disso, ele também começou a utilizar as redes sociais para fazer esse contato do bem. “Meu amigo me inspirou. Como eu sou taxista, então poderia ajudar ainda mais, utilizando meu carro de trabalho”, comenta.

André acredita que esse momento pede ajuda de todos e afirma que está disposto a ajudar quem precisar dele. “Como está na minha postagem no Facebook, é só me chamar no Messenger e vamos lá, vamos fazer o bem sem olhar a quem”, ressalta, contando que já começou a ajudar e ainda tem alguns pedidos programados para atender, mas que vai continuar colaborando enquanto for possível.

Segundo o taxista, ele até queria compartilhar esse momento da ação para inspirar mais pessoas, mas não postou fotos porque a não quer expor quem está sendo ajudado. “O pouquinho que a gente vai fazendo é a diferença necessária e é isso que importa”, destaca André, explicando que quer dar bons exemplos para seu filho pequeno, permitindo que ele chegue a vida adulta tendo certeza de qual é o caminho do bem. “A mensagem é plantar o bem agora, para colher o bem lá na frente”, pontua.

Crédito da matéria: Jeniffer Oliveira – Fotos: Divulgação