Taxistas de São José dos Pinhais aprovam exclusão da taxa de retorno

O passageiro com destino à capital pode pedir antes da corrida para que o taxista não cobre a taxa.
O passageiro com destino à capital pode pedir antes da corrida para que o taxista não cobre a taxa.

Decisão também pode afetar os táxis que saem do Aeroporto Afonso Pena

Durante uma audiência pública, realizada no dia 28 de setembro, taxistas de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana da capital paranaense, aprovaram a exclusão da cobrança da taxa de retorno de 30% do valor da corrida nas viagens para Curitiba.

Desta forma, de acordo com as centrais de táxi do município, o passageiro com destino à capital pode pedir antes da corrida para que o taxista não cobre a taxa. A decisão também vale para os táxis que saem do Aeroporto Afonso Pena.

A taxa de retorno existe porque os taxistas de São José dos Pinhais não podem embarcar novos passageiros em Curitiba quando voltam para a cidade da região metropolitana.

Para que a medida seja oficializada e o taxímetro seja alterado em definitivo, a mudança precisa ser aprovada na Câmara Municipal de São José dos Pinhais e sancionada pelo prefeito.